Dicas

Todos os cuidados com a orelha furada recentemente que você deve ter!

Brincos e piercings são excelentes acessórios para dar uma incrementada nos mais diversos looks. Mas, se você fez o furo recentemente, saiba que existem vários cuidados com a orelha furada que você precisa tomar.

Veja bem, logo após a perfuração, o local vai precisar passar por um processo de cicatrização. E devido a isso é que você precisa ter atenção redobrada.

Se você não tomar os devidos cuidados, corre o risco de ter a orelha inflamada ou até mesmo de surgir uma queloide (cicatriz saliente que geralmente ocorre quando a cicatrização do furo não ocorreu de forma correta).

Portanto, se esta pensando em furar a orelha ou fez o furo recentemente, nesse post vamos mostrar todos os cuidados com a orelha furada, tanto na parte de higienização como na escolha de joias, que você precisa ter.

Cuidados com a orelha furada – Passo a passo para a higienização do furo

O fator que exige maior atenção ao se furar a orelha é a higienização do local. Como o local passará por um processo de cicatrização, é necessário fazer a limpeza diária para eliminar qualquer tipo de resíduo ou até mesmo microrganismo que possa prejudicar esse processo.

O maior período de cuidado é o primeiro mês após a perfuração. Isso porque é nesse momento que há maior risco de inflamação e até mesmo rejeição por parte do organismo (geralmente ocorre quando coloca-se uma joia inadequada).

E nesses primeiros 30 dias a higienização do local deve ocorrer da seguinte maneira:

  1. Primeiramente, faça a higienização das suas próprias mãos antes de passar para a limpeza do furo/joia. O ideal é usar um sabão antisséptico;
  2. Em seguida, molhe um pedaço de algodão, gaze ou cotonete com soro fisiológico;
  3. Passe o material umedecido em volta da perfuração, também passando pela joia;
  4. Deixe o local secar.

Além dos passos acima, durante o banho é recomendado fazer leves movimentos de rotação na joia. Isso porque, há locais que você não vai alcançar apenas com a gaze, algodão ou cotonete.

Mas importante, esse é o único momento que você deve mexer na peça. Evite o contato com ela ao longo do dia, principalmente se você estiver ao ar livre e sem as mãos devidamente higienizadas.

Outro detalhe importante é que a higienização deve ser feita ao menos 2 ou 3 vezes ao dia, sempre respeitando os passos acima.



Importância de escolher a joia certa para colocar no furo feito recentemente

Quando falamos de cuidados com a orelha furada recentemente, é importante ter em mente que não é apenas a higiene que precisa de uma atenção redobrada.

Na verdade, o tipo de joia que você coloca nesse local também pode interferir diretamente na cicatrização e até mesmo depois que o local já foi cicatrizado.

Pensando nisso, nós da Piuka separamos algumas dicas para escolher a joia para o furo da orelha:

1.      Material da joia

Um dos principais cuidados na hora de escolher a joia é o material que ela é feita. É importante que a peça não tenha nada de níquel na composição, e que seja o menos suscetível possível a gerar reações alérgicas.

Nesse sentido, as joias em ouro ou de aço cirúrgico são as mais indicadas pois dificilmente serão rejeitadas pelo seu organismo. Inclusive, o ideal é que você compre o item em uma loja especializada para ter a garantia de qualidade.

2.      Formato

Para esse primeiro momento é sempre recomendado escolher uma joia com formato arredondado. Isso porque, assim ficará mais difícil de você acabar enroscando ela em uma blusa, camiseta ou até mesmo no próprio cabelo.

Essa dica é valida tanto para brincos como para piercings (principalmente os transversais, uma vez que eles tendem a enroscar mais facilmente por conta do tamanho).

Nesse sentido, os brincos de bolinha são ótimas escolha assim como os brincos de pérola. Dificilmente eles irão enroscar em algum lugar.

3.      Tamanho

Outro cuidado importante na hora de escolher a joia é em relação ao tamanho. Nesse primeiro momento, como o furo precisa cicatrizar e é necessário evitar muito peso ou até puxões no loca, é recomendado escolher uma joia pequena.

Os brincos pequenos são discretos e ideais para esse primeiro período de cuidados. Posteriormente, quando o tempo de cura da perfuração passar, você poderá partir para acessórios maiores e mais pesados.

Dicas práticas de cuidados com a orelha furada

Além da higienização e também da escolha da joia que você vai colocar na sua orelha, existem mais algumas dicas práticas que você deve incluir na rotina de cuidados com a orelha furada. Confira!!

1.      Não tire a joia até que o furo tenha cicatrizado

A primeira dica de cuidados com a orelha furada é esperar o tempo de cicatrização passar antes de trocar a joia.

cuidados-orelha-furada
Fonte: Piuka.com

O ideal é aguardar ao menos 6 semanas antes de fazer esse tipo de troca. Isso porque esse é o tempo mínimo necessário para o furo cicatrizar e você não ter mais o risco dele infeccionar ou inflamar por estar “aberto”.

A gente sabe que sempre bate aquela vontade de usar peças diferentes que combinem com o look. Mas o melhor a se fazer é aguardar o tempo necessário para só então realizar a troca.

Além disso, quando for trocar a joia lembre-se dos cuidados com a orelha furada que citamos acima. Nunca use acessórios feitos de materiais de baixa qualidade.

2.      Use apenas os produtos indicados pelo profissional que fez a perfuração

Se você fizer uma pesquisa na web vai encontrar várias recomendações de produtos caseiros para cuidar da orelha recém furada. Contudo, se você que evitar complicações como reações alérgicas, o ideal é sempre usar apenas o que o próprio profissional que fez a perfuração recomendou.

E aqui vale ressaltar a importância de ir em um local adequado para fazer a perfuração. Jamais tente fazer uma perfuração em casa ou em um ambiente que não toda a infraestrutura necessária.

O furo deve ser feito por um profissional utilizando materiais descartáveis. Assim você evita complicações mais graves, como atingir uma região não recomendada da orelha.

3.      Evite mergulhar na piscina ou no mar

Se você fez o furo recentemente também é importante evitar mergulhar. Seja no mar ou na água da piscina.

cuidados-orelha-furada
Fonte: Pinterest

Isso porque, o contato da região em processo de cicatrização com certas substâncias pode causar inflamações, reações alérgicas e outros efeitos colaterais.

Se por acaso você for praticar alguma atividade aquática e o furo ainda estiver nas primeiras seis semanas de cicatrização, o ideal é usar uma toca para evitar qualquer contato com a região perfurada.

4.      Atenção a sua alimentação

Sim, os cuidados com a orelha furada também envolvem a sua alimentação. Isso porque, existem vários alimentos que acabam prejudicando o processo de cicatrização, como é o caso das frituras, chocolates e carnes vermelhas.

O ideal é sempre manter uma alimentação equilibrada com base em frutas, verduras e legumes. Prefira também carnes mais magras e preferencialmente grelhadas para evitar o excesso de gordura no seu organismo.

Além disso, muita atenção também a quantidade de sal e açúcar daquilo que você come, pois esses dois fatores também podem aumentar as chances de inflamação e prejudicar a cicatrização.

5.      Opte por dormir de barriga para cima ou de uma forma que a orelha não fique pressionada

Mais umas das dicas para evitar problemas com o novo furo é na hora de dormir. É muito importante que você tente evitar ao máximo pressionar o local por pelo menos 60 dias.

Se você fez a perfuração apenas em um dos lados, como geralmente acontece com quem coloca o transversal, durma com o lado oposto encostado no travesseiro.

Agora, se você fez nas duas orelhas, como ocorre na hora de fazer o primeiro furo da orelha, o ideal é dormir de barriga para cima para que nenhum dos lados fique pressionado.

6.      Atenção na hora de se vestir

Com toda a certeza você vai querer experimentar diferentes looks para ver quais combinam melhor com a joia.

cuidados-orelha-furada
Fonte: Pinterest

No entanto, na hora de se vestir sempre tome muito cuidado quando for passar as peças de roupa pela cabeça. Se o tecido enroscar no acessório e puxar com certa força, você pode acabar prejudicando a cicatrização ou até mesmo aumentando o tamanho da perfuração.

Por isso sempre faça o processo com atenção.

Além disso, nas primeiras semanas de cicatrização também prefira usar peças de tecidos mais lisos, como a seda e o cetim. Assim você corre menos risco de acabar enroscando a joia em alguma roupa.

7.      Evite a exposição excessiva ao sol

Esse é um cuidado que muita gente acaba esquecendo, por conta da região onde o furo é feito.

Contudo, é preciso ter em mente que os raios ultravioletas acabam interferindo diretamente no processo de cicatrização. Por isso é importante evitá-los ao máximo nas primeiras seis semanas após a perfuração.

cuidados-com-orelha-furada
Fonte: Pinterest

É nesse período que o furo irá cicatrizar. Logo, se você tomar muito sol vai acabar prejudicando esse processo.

Caso você tenha que sair e se expor, o melhor é usar um chapéu, sempre tomando o cuidado da peça não pressionar o local recém perfurado.

8.      Cuidado na hora de arrumar o seu cabelo

Ninguém quer que na hora de escovar ou pentear as madeixas você enrosque os fios na joia, certo?

Por isso, é importante redobrar a atenção na hora de fazer qualquer penteado nas suas madeixas. Faça movimentos lentos e não tenha pressa de lidar com a cabeleira.

cuidados-com-orelha-furada
Fonte: Pinterest

Na hora de dormir, se o seu cabelo for muito grande, também é indicado fazer uma trança ou coque para evitar que ele fique preso na orelha conforme você se movimentar.

9.      Não use qualquer tipo de medicamento ou pomada sem orientação médica

É muito comum que as pessoas busquem auto tratamento quando os primeiros sinais de inflamação ou infecções aparecem. No entanto, isso é um erro.

Isso porque, ao fazer isso você pode estar apenas camuflando os sintomas sem realmente tratar a raiz do problema, que é o furo infeccionado ou inflamado.

Se você sentir qualquer sintoma de que algo está errado com a perfuração, não existe em ir imediatamente ao médico.

10.  Não faça qualquer tipo de tratamento caseiro

Existem vários métodos e técnicas caseiras que muitas pessoas alegam que ajudam a evitar a inflamação, como passar esmalte na joia antes de colocá-la na orelha.

Contudo, além dessas opções serem ineficientes, ainda podem gerar problemas mais sérios no local.

Tenha em mente, por exemplo, que o brinco ou piercing vai ficar em contato direto com tecidos, cartilagem e músculos quando você fazer o furo. Logo, se você passar alguma substância inadequada, ela poderá ir diretamente para sua corrente sanguínea.

Além disso, dependendo do que você aplicar na região, ao invés de prevenir a infecção ou inflamação você pode surtir o efeito contrário.

Por isso, nada de métodos caseiros.

Esses são dos cuidados básicos para evitar problemas com o furo na orelha. O ideal é que você sempre siga as orientações do profissional que fez a perfuração e pergunte a ele caso tenha algum tipo de dúvida.

O que fazer se alguma reação adversa acontecer?

Se mesmo você tomando os cuidados necessários a sua orelha inflamar ou ter algum tipo de reação adversa, como uma alergia a peça, o melhor a se fazer é retirar a joia e ir ao médico.

O profissional poderá avaliar com calma o que gerou a reação e então indicar a medicação ou até mesmo pomadas para utilizar no local.

Tenha em mente que mesmo mantendo os cuidados excessivos pode acontecer dela inflamar. Mas, procurando um especialista rapidamente para tomar os devidos cuidados, dificilmente você terá complicações mais graves.

Entre os sinais de que sua orelha está inflamando estão:

  • A região onde o furo foi feito está extremamente vermelha;
  • O local coça de forma excessiva;
  • Inchaço;
  • O furo está começando a soltar pus ou mau cheiro;

Conclusão

Agora que você sabe quais os cuidados com a orelha furada, não deixe de colocar as dicas acima em prática para garantir a cicatrização perfeita. Tem mais alguma dúvida sobre o uso ou escolha de joias? Então aproveite para deixá-la nos comentários.

Piuka

A Piuka deixa todos mais elegantes com seus acessórios exclusivos. Não é atoa que estamos entre o TOP 5 de ecommerces de semijoias e acessórios na internet! No blog Piuka publicamos centenas de artigos gratuitos oferecendo dicas de moda, lifestyle, looks e saúde. Todos os conteúdos são feitos por redatoras que entendem de moda.

Você também pode gostar...

9 comentários

  1. Geovana Lemes diz:

    Muito obrigadx, ajudou muito, o profissional que fez o furo em minha orelha só falou sobre o antisseptico, não falou nada sobre higienização e etc. mas agora que sei irei tomar os devidos cuiddos.

  2. Eu furei minha orelha, e tive o processo do pus e inchaço, mas não ficou vermelho. E após uns 5 meses desinchou, parou de doer e cicatrizou muito bem. Isso faz uns 8 meses.

  3. Posso limpar com álcool?

  4. Edvanir diz:

    Gostei muito das dicas vou fazer pois a minha orelha não secatriza nunca

  5. Raíssa diz:

    Furei ontem, e estou amando, tô tomando esses cuidados todos

  6. Guilherme diz:

    Eu furei hj, eu posso lavar o cabelo ?

  7. Matheus diz:

    Não. O álcool vai ressecar a perfuração e complicar tudo, use apenas soro fisiológico.

  8. Silviane diz:

    Furei faz uns 3 dias , ta inchado e quente , posso fazer compressa com gelo?

    1. Thays Ladler diz:

      Sempre procure um médico. É normal que a orelha esteja inflamada, por isso, o gelo é ideal nos 2 primeiros dias somente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.