Dicas

Pérola – Diferenças entre de água doce e salgada

Não se tem registros de quem a descobriu, mas a “Rainha das Gemas”, como é conhecida a pérola, é apreciada desde a antiguidade e utilizada como adorno por pessoas do alto poder. Para os Romanos, era símbolo do amor.

O nome pérola tem origem do latim “pirla” que é diminutivo da palavra pira, e significa “formato de lágrima”.

Em 2015, foi encontrada na Austrália, uma pérola natural de 2.000 anos em escavações em uma zona aborígene.

Como se formam?

A pérola é formada naturalmente no interior de ostras ou mariscos. Esse ciclo demora de 2 a 3 anos para se completar.

Ela é criada como defesa contra um corpo estranho – um grão de areia, por exemplo – que adentra sua concha. Ao se defender, o molusco cria diversas camadas concêntricas de uma substância branca, brilhante, chamada nácar ou madrepérola (composta por 90% de material calcário, 6% de material orgânico e 4% de água) que se cristalizam rapidamente, isolando o perigo e formando uma estrutura rígida.

Elas são geralmente redondas, porém, podem também ter outras formas, de formato irregular, sem formato definido, como a pérola barroca, mas não menos bonitas.

Naturais

Extremamente rara, as pérolas naturais se formam sem qualquer interferência do homem em seu processo.

Além de serem utilizadas como joias, podem ser encontradas em roupas e também na produção de cosméticos e remédios.

Porém, a possibilidade de encontrá-la é de uma em um milhão, e por isso é extremamente cara.

Segundo relatos, a maior parte das pérolas naturais foi extraída da região do Golfo Pérsico.

Cultivadas

Para aumentar a disponibilidade das famosas gemas de origem animal, os homens encontraram uma forma de incrementar e acelerar a produção.

O processo ocorre da mesma forma que o natural, porém é iniciado com a ação de introduzir o corpo estranho de forma proposital no interior das ostras.

A partir daí é a natureza que age.

Para favorecer essa produção, elas são cultivadas em um ambiente próprio, onde os humanos manipulam as condições em que a pérola irá se formar. São observados desde a profundidade do revestimento do nácar, o tempo até ser colhida e o tipo de água em que o molusco vive.

Produção e cultivo

O cultivo de pérolas em larga escala – seja em água doce ou salgada – datam do início do século XX, e hoje em dia, são a principal forma de produção.

Quanto maior o tempo de formação, melhor é o seu nácar. É o nácar que torna a pérola bonita e também valiosa. Por isso, as que são cultivadas por um longo tempo costumam ser mais caras.

Pérola de água doce

Formada especialmente dentro de moluscos – mexilhões – a pérola de água doce é cultivada em lagos ou lagoas, rios e reservatórios artificiais. É mais acessível por diversos motivos:

  • ser mais fácil de cultivar;
  • pode ser produzida mais de uma por vez;
  • cada molusco pode produzir entre 30 e 50 pérolas;
  • disponível nas cores branca, lilás – tons obtidos através do processo de adição de metais à água do cultivo;
  • podem ser encontradas em diversas formas;
  • possuem camadas de nácar mais espessa, por isso são mais duráveis (até 100 anos).

Pérola de água salgada

Cultivada em ostras, tem seu processo mais trabalhoso se comparado ao cultivo em água doce, pois precisam de maiores profundidades, e exigem o auxílio de mergulhadores no momento da extração (diferentemente das de água doce, que são facilmente retiradas).

Entre outras características, a pérola de água salgada:

  • são mais escura que a produzida em água doce – requer olhar minucioso para identificar essa diferença;
  • encontrada nas cores negra, branca e off white – com traços de dourado e prata;
  • cada molusco pode produzir até 5 pérolas;
  • costuma ter formato mais arredondado;
  • possui camadas de nácar mais fina se comparada com a de água doce, por isso é menos durável (até 70 anos).

Pérola e celebridades

A pérola é um adorno atemporal, que nunca sai de moda. Ao longo dos últimos 80 anos, muitas celebridades deram um novo olhar a essa gema e a tornaram popular. Destacamos algumas importantes mulheres que declararam amar usá-las em suas produções.

Coco Chanel

Famosa por suas criações no mundo da moda, Coco raramente era vista sem um colar de pérolas. Em 1932 lançou sua primeira linha de joias, e assim influenciou seu uso também durante o dia.

Audrey Hepburn

Um pequeno vestido preto e um colar de pérolas e brilhantes. Ao citar colar de pérolas, a imagem icônica da estrela mais glamorosa de Hollywood no filme “Breakfast at Tiffany’s” nos vem à mente.

Porém, Audrey Hepburn também amava pérola fora das câmeras, e na maioria das vezes era fotografada usando belas joias como acessório. Foi ela que, durante a década de 1960, ajudou a trazer pérolas para a vanguarda da moda.

Jackie Kennedy

Jacqueline and John F. Kennedy at Hyannis Port
1959
© 2000 Mark Shaw

O estilo e senso de moda da esposa do Presidente dos EUA inspirou mulheres do mundo todo a recriar seus looks. Ela era capaz de trazer modernidade e sofisticação em suas composições com joias, usadas em jantares ou viagens ao exterior.

Michelle Obama

Mais uma das primeiras-damas dos EUA que durante os últimos 10 anos ajudou a dar às pérolas uma nova vida.  Com um toque mais moderno, foi vista muitas vezes usando essa pedra em colares longo, pulseiras combinadas a seus lindos vestidos.

Duquesa de Cambridge

Desde sua primeira aparição, Kate Midletton chamou a atenção das mulheres de todo o mundo, influenciando na forma de se vestir. Sua elegância é, sem dúvida, refinada, clássica e atemporal.

Ela utiliza as joias para adicionar elegância aos seus looks, como por exemplo, os brincos de pérolas.

Acessórios com pérolas

Depois de conhecr a história e a diferença dessa linda pedra, que tal se inspirar nas celebridades para montar o seu mix e sair por ai com toda elegância e charme que você merece!?

Nós da Piuka temos uma seleção incrível de diferentes acessórios com pérolas de água doce para combinar com seus looks. Confira:

Os acessórios com pérolas além de lindos, são clássicos, atemporais e uma super tendência nessa estação. Perfeito para mulheres delicadas e estilosas, que amam estar na moda!

Chokers e Colares

As choker e colares são os acessórios que ficam em maior evidência em um mix, se tornando o acessório perfeito se você busca dar uma cara nova ao seu look!

Os colares longos além de alongarem a silhueta valorizam a região do pescoço e do colo, ficam lindos combinados com chokers e colares menores.

A versatilidade do colar longo de pérolas, permite que ela seja usada com uma ou duas voltas.

Brincos e Argolinhas

Os brincos de pérolas são um clássico, mas com o tempo aquele modelo básico com apenas uma pérola foi deixando de ser usado e vieram modelos mais cheios de detalhes, como ear hooks, argolas, argolinhas com pingentes, entre inúmeros outros modelos e designs.

Pulseiras

As pulseiras são perfeitas, pois sua versatilidade permite que ela seja usada em qualquer ocasião, seja de dia ou de noite, sozinha ou compondo um mix de pulseiras incrível.

As pérolas de água doce dão um toque todo especial as peças!

Gostou de saber um pouco mais sobre a história das pérolas, seu cultivo e como são formadas? Então continue acompanhando o Blog Piuka, para conferir mais conteúdos como dicas, moda e curiosidades.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. Lady_senna diz:

    Amei conhecer as diferenças e saber mais sobre as pérolas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.